fbpx
Rolfing e Movimento

Sobre estar presente em seu corpo. Parte 01 – Os olhos.

Gostaria de falar um pouco sobre o que significa sentir o corpo no nosso dia a dia e alguns hábitos que nos impedem de fazer isso. Nesse texto, vou falar especialmente sobre os olhos.

É comum estarmos com os olhos arregalados e não percebermos. Observe pessoas conversando com outras próximas a elas, pessoas cansadas, ou aquelas imersas no computador com a cabeça projetada em direção à tela. Nessas ocasiões e em outras, mantemos os olhos arregalados sem consciência disso.

Quando os olhos estão assim, é como se saltassem um pouco para fora de sua posição natural. Como consequência, colocamos tensão na região ocular, e o nosso foco vai para fora do corpo, deixamos de senti-lo com atenção. Ao mesmo tempo, o nosso equilíbrio diminui, porque nos tensionamos e nos projetamos para frente. Assim, perde-se a chance de se enraizar, de sentir os pés apoiados no chão.

Se você se pegar arregalando os olhos, descanse-os em seguida e observe a diferença entre um estado e outro, e você entenderá como esse detalhe pode ter um impacto grande. Se quiser se conscientizar dessa sensação, faça esse movimento de forçar os olhos ao olhar com intensidade para algo, e em seguida volte-os à posição natural de descanso, e sinta o contraste. Perceba que nessa posição natural, você fica mais dentro de você. Essa é mais uma coisa que te ajuda a se manter centrado. Experimente!

O que proponho não é um trabalho de observação fácil, mas vale muito a pena se esforçar. No texto sobre descansar a face (veja aqui). mostro um exercício bem fácil que dá para fazer a qualquer hora para descansar o rosto todo, inclusive os globos oculares. Se você conseguir manter os olhos atentos, porém repousados, você sentirá a diferença na qualidade da sua atenção e no seu bem estar, conseguindo ficar ao mesmo tempo mais focado e relaxado.

Post anterior Próximo post

Você pode gostar também de

0 Comentários

Deixe aqui o seu comentário