fbpx
equilíbrio do corpo, Postura, Rolfing e Movimento

Enrolamento da coluna

Hoje vou falar do enrolamento da coluna. Já fiz vídeos sobre isso, já escrevi sobre isso, mas acho que é imprescindível explicar sempre!

É importante entender melhor os movimentos da coluna. Isso ajuda bastante a mantê-la mais saudável.

Primeiro você tem que estar ereto, ou pelo menos um pouco mais ereto. Menos encolhido, imbuído de certo esforço para ficar ereto – e quando uso a palavra esforço, ela não está relacionada a esforço físico, mas, sim, a um certo querer dentro de você de apenas ficar mais ereto com menos esforço. Mesmo que isso signifique que você continue pouco ereto.

Então, já melhor sentado, com a coluna mais ereta, deixe apenas a cabeça se inclinar para a frente do . corpo, e sinta que ela tem peso. Isso parece óbvio, mas não é!

Ao inclinar a cabeça à frente, nós já estamos levando o início do restante da coluna para a frente. É normal que isso aconteça, porque se apenas nos deixarmos sentir o peso da cabeça, ela naturalmente começará a levar o tronco junto.

Nossa cabeça pesa bastante. Deixe-a começar a levar o restante do corpo à frente.

Vá para a sua frente enrolando a coluna. Digo isso porque tendemos a nos achatar, nos encolher para trás, quando vamos para a frente. Pense apenas em enrolar para sua frente, não passando o tronco para trás da bacia. Isso já faz a maior diferença.

Saboreie o movimento, faça devagar. Primeiro, deixe a cabeça cair para a frente, depois deixe o início do tronco ir junto e pare na região da boca do estômago.

Deixe seus braços descansarem, pendure os braços ao lado do corpo ou coloque suas mãos no seu colo. Ou não, se preferir. Note como dá para esticar atrás, desde a base do crânio até um pouco abaixo dos ombros. Ou até mais.

Perceba o peso dos seus braços nas mãos. Dá para sentir os braços descansando desde a base do tronco.

Só isso já alonga e relaxa um pouco as costas. Você pode descer um pouco mais, sem debruçar nas pernas, ou parar por aí. Já dá para dar uma esticada boa no corpo.

Mas, repare se você está mantendo o tronco na frente da bacia! Isso é importante! Se deixo o tronco ir para trás da bacia, começo a achatar. Entro em colapso.

 Comece a perceber essas diferenças nos movimentos do seu corpo. Parecem sutis de início, mas, com o tempo, você começará a sentir essas diferenças de maneira mais natural.

Vamos lá, dê uma chance a si mesmo. Viva de maneira mais saudável o seu corpo. Mova-se com mais eficiência!

 

 

 

 

 

 

Post anterior Próximo post

Você pode gostar também de

0 Comentários

Deixe aqui o seu comentário