fbpx
Postura

Cabeça solta em cima do tronco

É importante aprender que devemos manter a cabeça solta em cima do tronco.

Mas por que é importante? Porque, se os músculos que seguram a cabeça no lugar estão tensos e mantiverem a cabeça fixa ao tronco, o corpo inteiro funcionará em bloco.

Quando digo que a tensão em excesso fixa a cabeça ao tronco, quero dizer que a cabeça ainda conseguirá se mover um pouco independente do tronco, mas, de forma muito limitada. E, mesmo se movendo, o tronco irá de alguma forma acompanhá-la.

Talvez você não sinta que sua cabeça se move assim, talvez há muito tempo isso esteja acontecendo!

Não nos damos conta de quanto nosso corpo poderia se mover mais livremente, mais harmoniosamente. Isso acontece por causa de maus hábitos, traumas, ou ignorância da nossa parte. Apenas não sabemos que a cabeça pode se manter solta em cima do tronco.

Experimente sentar ereto, sem entrar em colapso, virar um C, com a cabeça projetada para a frente.

Faça o movimento do sim, algumas vezes, bem pequenininho mesmo. Sinta que a sua cabeça se inclina um pouco para a frente e volta. Precisamos ficar eretos para dar chance de a cabeça se soltar um pouco.

Você pode também se sentar em uma cadeira confortável com encosto, mas tem que encostar direito no encosto. E, se os pés não encostarem no chão, coloque um livro ou algo que dê apoio para eles.

Se os nossos pés permanecem fora do chão quando sentamos, tendemos a encolher o tronco. Faz parte do sentar ereto manter os pés apoiados no chão.

Você pode experimentar fazer um não minúsculo também. Faça o movimento como uma “massagenzinha” leve no seu pescoço, um movimento pequenino e monótono.

É gostoso, vale a pena experimentar! Pode proporcionar um momento meditativo, sem pensamentos. Ter a possibilidade de permanecer uns minutos apenas com as sensações vindas do corpo.

No vídeo abaixo, falo da posição solta da cabeça com a moça deitada. Sei que parece muito diferente, mas, na verdade, deixar o corpo livre, diminui tensões excessivas e independe da nossa posição.

E podemos nos tranquilizar, nos acalmar na maneira que nos movemos, nos sentimos no dia a dia. Vamos lá, experimente!

 

Post anterior Próximo post

Você pode gostar também de

0 Comentários

Deixe aqui o seu comentário